Hinault: Chris Froome não deveria ter começado o Giro, ele deveria ser suspenso

Bernard Hinault não recuou na sua opinião sobre a vitória de Chris Froome no Giro d’Italia, dizendo que o ciclista do Team Sky não pertence aos livros de história ao lado de si próprio e de Eddy Merckx. Em Roma, no domingo, Froome juntou-se à Hinault e à Merckx para vencer todos os três Grand Tours consecutivamente, tendo vencido o Tour de France e a Vuelta a España no ano passado.

Hinault, que completou sua conquista nas temporadas de 1982 e 1983, chegou a dizer que Froome não deveria estar na linha de largada.

“Froome não pertence a essa lista”, disse Hinault, segundo a publicação belga Het Laatste Nieuws. “Ele obteve um teste positivo na Vuelta e depois sua amostra B se mostrou positiva, então ele usou doping e teria que ser suspenso”.

“Ele nunca deveria ter sido autorizado a começar o Giro. Por que temos que esperar tanto tempo por um veredicto? Os dois italianos que fizeram a mesma coisa, Alessandro Petacchi e Diego Ulissi, foram suspensos muito mais rápido. Porque Froome consegue tanto tempo para encontrar uma explicação? É porque a Sky tem muito dinheiro”?

Froome está atualmente sob investigação depois de um teste antidoping durante a Vuelta a España 2017, que ele ganhou quando mostrou que ele tinha o dobro dos níveis permitidos do Salbutamol, uma droga para asma em sua urina.

Froome e sua equipe jurídica devem agora provar que ele não excedeu a dose permitida para evitar uma suspensão. Como o Salbutamol é uma substância ‘especificada’ na lista banida da WADA, Froome tem permissão para competir enquanto a investigação está em andamento. Tanto Petacchi quanto Ulissi também receberam proibições por níveis elevados de Salbutamol. Demorou nove meses para um veredicto no caso de Ulissi.

Na semana passada, o presidente da UCI, David Lappartient, disse que não poderia garantir que o caso de Froome fosse resolvido até o início do Tour de France, em julho. Ele também não pôde confirmar se os resultados que Froome ganhar durante o período da investigação permanecerão ou serão removidos se ele receber uma suspensão.

“Isso tudo é muito triste”, acrescentou Hinault. “Froome não faz parte da lenda do esporte, porque que imagem ele dá ao ciclismo? Ele também pode começar o Tour logo mais. É um verdadeiro escândalo. Isso precisa parar”.

Com informações: cycing weekly
Imagem: Reprodução