Alexander Kristoff ganha a chegada em Paris e Thomas pinta a cidade de amarelo

Numa chegada arrasadora, Alexander Kristoff  (Team Emirates) garante sua vitória na última etapa do Tour de France 2018. Muito bem encaixado nos metros finais, ele abriu seu sprint e venceu com a vantagem de uma bicicleta.

Depois do estourar do Champagne e do retinir das taças, começa a grande e última etapa de um Tour marcado por muitas emoções. Geraint Thomas será escoltado pelo grande pelotão até a capital francesa para findar de vez a competição desse ano.

No caminho, nada de mais aconteceu. Isso já é de praxe. Só o que interessa são as 8 voltas em torno da cidade, mostrando toda sua imponência dourada. Os aviões pintaram mais uma vez o céu com as cores da França e os ciclistas, de preferência, a decidir as coisas no sprint.

Uma fuga se aventurou logo na entrada da cidade, mas com duas voltas para o final o pelotão os engoliu. Nesse momento a Bora-Hansgrohe estava montada na “tête de la course”, visando a vitória de Peter Sagan, mas isso não aconteceu.

Explodindo pelo lado esquerdo, o campeão europeu e vice campeão mundial Alexander Kristoff, embalado com muita velocidade aumentou a potência e cruzou a linha com boa vantagem sobre John Degenkolb (Trek-Segafredo), segundo e Arnaud Démare (Groupama-FDJ) na terceira posição.

Chegamos ao final de mais um Tour, o de número 105 da história.

Tivemos ao longo da corrida muitas baixas, ciclistas que se machucaram em acidentes, alguns com maior gravidade. Alguns que caíram e voltaram. Alguns que foram para casa. Alguns protestos contra a equipe Sky, sugerindo que a participação dela não era bem vinda. Novas montanhas pelo caminho, novas cidades sede, novas largadas…

Tivemos a perseverança de um atleta em busca da camisa amarela, assumindo o papel de líder da maior equipe do Tour e também o reconhecimento do antigo líder dessa mesma equipe se declarando em apoio ao trabalho pelo novo líder.

Muitos ciclistas aparecendo como novas promessas, novas revelações. Tudo isso somado, nos deixa com boas perspectivas para o Tour do ano que vem. Um Tour que já começa bem, em Bruxelas, homenageando o maior ciclista de todos os tempos, o eterno camisa amarela, Eddy Merckx.

Alezz!!!

Classificação da 21ª etapa do Tour de France 2018: Houilles até Paris, Champs-Élysées (116km)

1 Alexander Kristoff (Nor) UAE Team Emirates – 2h46’36”
2 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
3 Arnaud Dèmare (Fra) Groupama-FDJ
4 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data
5 Christophe Laporte (Fra) Cofidis
6 Max Richeze (Arg) Quick-Step Floors
7 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
8 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
9 Andrea Pasqualon (Ita) Wanty-Groupe Gobert
10 Jasper De Buyst (Bel) Lotto-Soudal – todos ao mesmo tempo

Classificação geral final

1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky – 83h17’13”
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb – 1’5′”
3 Chris Froome (GBr) Team Sky – 2’54”
4 Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo, at 3-22
5 Steven Kruijswijk (Ned) LottoNL-Jumbo – 6’08”
6 Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale – 6’57”
7 Mikel Landa (Esp) Movistar Team – 7’37”
8 Daniel Martin (Irl) UAE Team Emirates – 9’05”
9 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin – 12’37”
10 Nairo Quintana (Col) Movistar Team – 14’18”

Classificação geral final de pontos

1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe, 477 pts
2 Alexander Kristoff (Nor) UAE Team Emirates, 246 pts
3 Arnaud Dèmare (Fra) Groupama-FDJ, 203 pts

Classificação geral final escalada

1 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, 170 pts
2 Warren Barguil (Fra) Fortuneo-Samsic, 91 pts
2 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe, 76 pts

Classificação geral final jovem ciclista

1 Pierre Latour (Fra) Ag2r La Mondiale – 83h39’26”
2 Egan Bernal (Col) Team Sky – 5’39”
3 Guillaume Martin (Fra) Wanty-Groupe Gobert – 22’05”

Classificação geral final melhor equipe

1 Movistar Team (Esp) – 250h24’53”
2 Bahrain-Merida (Bah) – 12’33”
3 Team Sky (GBr) – 31’14”

Dan Martin (Irl) UAE Team Emirates

 

Deixe seu comentário

Comentários

Chris Anderson

R&D da LIKE bikes, ciclista e mecânico de bicicletas.